Vem ser PROAUTO, fique tranquilo

Cotar Agora
Curiosidades Dicas Notícias

365 anos de Jundiaí – Conheça um pouco mais sobre a cidade

Por Raphael Segato

História

Até o século XVII, a cidade era habitada por povos indígenas, que se dedicavam ao milho e mandioca, parte dessa cultura indígena foi incorporada pelos brancos colonizadores, entre elas a técnica construtiva e utilização de queimadas das lavouras. O nome Jundiaí tem origem tupi e vindo da palavra “jundiá”, que significa “bagre” e “y” significa rio.

O território da cidade era bastante extenso, abrigava inclusive as cidades vizinhas, como por exemplo, os municípios de Campinas e Mogi Mirim. Mas seu território ia além disso, chegava quase ao estado de Minas Gerais, na margem do Rio do Peixe.

O povoado de Jundiaí começou a ser considerado em 1651, com a construção da capela de Nossa Senhora do Desterro. Somente com a igreja presente que os moradores tinham direito a registro de nascimento, óbitos, casamentos, dentre outras coisas, que era esse o papel atribuído para a igreja na época. Em 1655 foi reconhecida como vila sendo assim sua fundação.

 

Cultura

Em mais de 300 anos de história, a cidade recebe eventos tradicionais em todo esse tempo, como a Festa da Uva, Festa Italiana e o tradicional Carnaval.

A Festa da Uva é a mais antiga que acontece no estado de São Paulo, ela é realizada desde 1934 e acontecia em janeiro nos anos pares, mas hoje em dia acontece todos os anos, devido a sua grande importância. A festa teve seu início no Centro da Cidade, depois veio a ser transferida para o Parque Antônio Carbonari, conhecido como Parque da Uva. A exposição acontecia durante o dia inteiro e durante a noite acontecendo vários shows.

Em 2013, a festa foi remodelada para ser um evento familiar, não ocorrendo mais shows, voltando para o modelo original da festa com entrada gratuita, participação efetiva de agricultores e atrações culturais da cidade.

Festa Italiana é bastante tradicional ocorrendo desde 1987 (data do centenário da imigração italiana em Jundiaí), ela acontece no Bairro da Colônia nos meses de maio e junho sendo oito dias de festa com comida e músicas típicas. A festa reúne 100 mil pessoas, trazendo várias cidades do estado paulista.

Pontos Turísticos

Teatro Polytheama

Inaugurado em 1911, o teatro é um dos mais tradicionais e antigos brasileiros, reúne diversas atividades como circo, teatro, música, cinema e etc.

O seu auge veio no ano de 1920, quando foi considerado o maior teatro do estado, superando até o Teatro Municipal de São Paulo, com capacidade de 2920 lugares. Passou por decadência durante o ano de 1950, e veio ser remodelado em 1996, um projeto do escritório Brasil Arquitetura. Atualmente é considerado um dos maiores e mais belos teatros paulistas, e hoje conta com capacidade total de 1124 lugares.

Museu Histórico e Cultural de Jundiaí – Solar do Barão

Criado pela Lei Municipal nº406 em 10 de junho de 1955, com o objetivo de preservar e democratizar a História e Cultura de Jundiaí. Sua inauguração começou somente 28 de março de 1965.

O museu conta com plantas de variadas espécies capazes de atrair diversificadas faunas de aves e insetos, integrando o espaço japonês com lago de carpas e bancos, além disso, contém pinturas lúdicas, casa na árvore e placas indicam aves que passam pelo local. O ambiente ainda conta com um auditório com 80 lugares, para utilização de reuniões, palestras e audições, tendo como nome Sala Jahyr Accioly de Souza.

Jardim Botânico de Jundiaí

Com inauguração em 2004, surgiu com uma proposta de recuperação da área que estava abandonada em degradação. Inicialmente teve como objetivo o paisagismo e a criação de coleções temáticas. Toda sua área foi revitalizada, criando estruturas para atender ao público para exposição e reprodução de plantas, caminhos para caminhada, lagos artificiais, jardins temáticos, cascatas e a implantação de coleções botânicas.

Curiosidades

Jundiaí teve destaque no esporte, mais precisamente no futebol, com o Paulista Futebol Clube conquistando a Copa do Brasil de 2005 fazendo a final contra o Fluminense-RJ, no ano seguinte beneficiado com a conquista, disputou a Copa Libertadores da América tendo como destaque a vitória pra cima do River Plate, clube forte e tradicional da Argentina.

A cidade é conhecida como a terra da uva e do morango, produz cerca de 30% da uva de todo estado paulista.

Se tornou o polo das empresas de tecnologia e de logística.

Possui a maior fábrica da Coca-Cola no mundo em volume de produção.

 

Sabia que a PROAUTO atende a cidade por vários anos?

A PROAUTO Jundiaí surgiu em 2015, mas desde 2011 em Campinas já era representada, porém com o desejo de expansão se estabeleceu para Jundiaí. A regional atende mais de 2000 associados cadastrados, sem contar as cidades próximas.

A PROAUTO Jundiaí sempre participa de oficinas de negócios e eventos para divulgação. Nossa sede procura ter atendimento de qualidade, colocando o associado em primeiro lugar, com estrutura com grande conforto.

Estamos localizados na Rua. Barão de Teffé, 1000 – Bairro Anhangabaú, os contatos são: 4003-4541 fixo, e pelo site proauto.org.br/filialsp.