Inclua rastreador e fique tranquilo

Cotar Agora
Curiosidades Dicas

A hora certa de trocar os pneus!

Por Raphael Segato

Uma das dúvidas mais comuns entre os motoristas é a hora certa de trocar os Pneus. Mas não tem segredo, com dicas simples e atenção é possível continuar rodando em segurança.

O pneu é um item que requer cuidado e atenção, mais do que um componente do carro ele é um item essencial de segurança. O estado do pneu pode evitar acidentes e garantir inclusive um melhor desempenho em termos de performance e gasto com combustível.

Outro detalhe importante, as conservações dos pneus podem resultar em multa. A infração é grave caso o veículo circule com os pneus em mau estado de conservação com multa e perda de 5 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação)

01 - Normalmente os fabricantes indicam qual a validade ou durabilidade dos respectivos pneus, por isso já temos uma referência de tempo. Mas outros fatores como atrito, tipo de asfalto, tempo, umidade e calor podem e influencia muito no consumo e desgaste dos pneus. Uma recomendação é fazer uma inspeção a cada 10 mil km.

02 - Outro ponto de atenção é sobre o desgaste do pneu. A referência é de uma altura de 1,66 mm de altura, abaixo disso o pneu já não garante a segurança dos passageiros do veículo. Para facilitar você pode usar o Truque da Moeda:

- Uma forma de identificar a profundidade dos sulcos facilmente é utilizando uma moeda de 1 real. Primeiramente, posicione-a no rasto. Em seguida, veja se o círculo dourado permanece totalmente coberto pela borracha do pneu. Em caso positivo, a peça ainda está em perfeito estado de conservação.

03 - Calibrar os pneus a cada 15 dias

Simples e rápido de fazer, a calibragem dos pneus também diminui o desgaste. Ao manter o pneu calibrado, o motorista também ajuda a diminuir o gasto com combustível, já que, o pneu precisa de menos esforço para rodar. É recomendado calibrar os pneus a cada 15 dias. 


Os pneus também devem ser substituídos quando: 
  
▪ As rodas apresentam defeito; 
▪ A borracha está com dobras ou outras deformações nas laterais; 
▪ O pneu fura (jamais trafegue com pneus reformados). 

 
Por fim, vale mencionar que realizar a calibragem e o balanceamento com frequência contribui para a economia de combustível e durabilidade de demais peças e sistemas do veículo. Por isso, circular com pneus desgastados proporciona prejuízos financeiros maiores do que o necessário. 
As revisões e as manutenções preventivas evitam a troca prematura dos pneus, o que também contribui para uma economia maior e trajetos seguros. 

Agora você pode rodar tranquilo e em segurança. Lembrando que na PROAUTO você pode contratar uma proteção completa para o seu carro com a Assistência ao Associado, o que inclui ajuda para troca de pneu em caso de furo!