Selo de ótimo no Reclame Aqui!

Cotar Agora
Curiosidades Dicas Notícias Novidades

Quais foram os carros usados mais valorizados da Tabela FIPE em 2021?

Por Amanda Maia

O que é a Tabela FIPE de carros e como ela funciona?

A Tabela FIPE é a referência padrão para avaliações de preços de carros no Brasil. Trata-se de uma lista atualizada mensalmente, que inclui os valores médios dos carros anunciados no mercado nacional de automóveis. Ela é importante para orientar a compra, a venda e o financiamento de veículos, e é o que garante o valor da sua proteção veicular, do seu seguro e do seu IPVA. O índice é construído conforme a coleta dos preços de veículos praticados no mercado. A partir daí analisa-se estatisticamente os valores acima ou abaixo média, a marca, o modelo, o ano do veículo, dentre outros fatores que possam inferir no seu valor final da Tabela FIPE. Então, se estabelece a média de preço de cada carro, novo ou usado.

Seu carro usado pode estar valendo mais do que consta na Tabela FIPE

Isso se deve ao fato de que, após a crise do Covid-19, houve a desaceleração do abastecimento de peças de veículos das fábricas, ocasionando a falta de carros novos em pronta entrega, o que acabou deixando os preços de sua fabricação lá em cima. Com a alta dos veículos zero quilômetro e a longa espera para adquirir um veículo novo, houve então a valorização dos carros usados e seminovos. Agora, o seu carro usado pode estar valendo mais do que quando você o comprou. Inclusive mais caro que os zero KM.  

E por que os carros usados aumentaram tanto?

Houve um desequilíbrio na oferta e na demanda. A alta dos veículos zero fez os preços dos carros usados também ficarem mais competitivos, gerando o fenômeno pouco comum da supervalorização dos carros usados em função carros novos. Neste contexto, a Tabela FIPE acabou deixando de ser um referencial, pois os veículos vem sendo negociados por um preço bem acima do valor de mercado. Estima-se que a situação do mercado de compra e venda de veículos seja normalizada após a retomada da crise sanitária. Dessa forma, vale lembrar que há outros fatores que devem ser levados em consideração na hora de compreender a fundo o valor de um veículo, principalmente na hora da revenda.

E quais foram os carros usados mais valorizados de 2021?

Uma pesquisa realizada pela Kelley Blue Book (KBB), aponta que, dentre os dez veículos mais vendidos em 2021 no ranking da Fenabre, os carros usados e seminovos podem estar valendo em média até 3,37% mais que um modelo zero KM. Dentre eles estão o Fiat Strada, Volkswagen T-Cross, Chevrolet Ônix e o modelo Plus, e o Hyundai HB20. Tomando como base os valores referentes ao estado de São Paulo, confira abaixo a faixa de preço em função da alta em 2021.  

Tabela: Pesquisa Kelley Blue Book (KBB)

Veículo Faixa média de Preço 0 km Faixa média de Preço de Revendedor Diferença entre o preço 0 km inicial e o preço de revendedor final
Fiat Strada 2021 R$ 79.060 a R$ 79.859 R$ 77.192 a R$ 81.725 3,37%
Volkswagen T-Cross 2021 R$ 113.241 a R$ 114.385 R$ 111.135 a R$ 116.489 2,87%
Chevrolet Onix Plus 2021 R$ 77.677 a R$ 78.462 R$ 75.113 a R$ 79.565 2,43%
Hyundai HB20 2021 R$ 67.806 a R$ 68.498 R$ 65.717 a R$ 69.272 2,16%
Chevrolet Onix 2021 R$ 71.726 a R$ 72.451 R$ 69.438 a R$ 73.039 1,83%
  Apesar da boa notícia de ter seu carro supervalorizado em 2021, o momento agora exige cautela. Na esteira da supervalorização, a compra e a troca de veículo nesse momento pode representar um risco, já que, com o mercado aquecido, além de pagar mais caro que o normal em um novo carro, as peças de reposição em casos de reparos de carros usados, também ficarão mais onerosas.