Quem compara, fecha com a PROAUTO

Cotar Agora
Sem categoria

Manutenção em dia, previna para não ter dor de cabeça!

Por Rafael Colombo

Imagina se levantar cedo para ir ao trabalho e ser surpreendido com um carro que não funciona, ou mesmo programar a saída para as tão sonhadas e merecidas férias e ficar na mão no meio do caminho,  resolver esses imprevistos pode ser mais simples que você imagina. Separamos a seguir alguns exemplos de manutenção e algumas dicas preciosas também:

A manutenção certa ajuda a prolongar a vida útil do seu carro, traz mais segurança e pode inclusive gerar economia e valorização do veículo. Já que feita na hora certa faz com que você evite prejuízos ainda maiores.

Manutenção preventiva: é uma manutenção que tem como objetivo prever problemas futuras e é realizada de forma periódica. Como vésperas de feriados ou mesmo quando o carro emite alguns sinais. Um exemplo é a troca de óleo ou o filtro por exemplo, que ajudam a prevenir problemas futuros.

Outros itens que podem ser verificados são: correia de motor, radiador, óleo, lâmpadas e faróis, filtro de ar, alinhamento e balanceamento, filtro de combustível, bateria, alarme e verificação da parte elétrica.

Manutenção corretiva: esse é o tipo de reparo que ocorre após o problema ser identificado, e ele pode ser ocasionado pelo uso prolongado, por desgaste natural das peças, vícios de comportamento na hora de dirigir ou até mesmo as famosas “barbeiragens”

Manutenção preditiva: esta é uma ação que tem como o objetivo identificar problemas futuros que podem complicar o funcionamento do carro. Nela pode ser identificado por exemplo desgastes de peças que indicam um outro tipo de problema.

Manutenção detectiva: nesta modalidade é prever e identificar problemas futuros sem que os mesmos estejam necessariamente visíveis. Quando há um comportamento indevido do carro, mas nem sempre é claro qual é esse problema.

Motivos e vantagens em fazer a manutenção do veículo:

  • Segurança do veículo, sua e da sua família;
  • Menos custos, evita emergências e valores inesperados;
  • Seu carro irá valorizar muito mais na hora da venda;
  • Conforto para você e sua família;
  • Planejamento financeiro, uma vez que você consegue se preparar para os gastos e investimentos;  

E por falar em manutenção separamos a seguir o TOP 5 carros que mais demandam manutenção no Brasil;

Top 5 de carros que mais dão problemas no brasil:

1. Ford Ka

Apesar de ser um bom carro, de maneira geral, o Ford Ka sempre apresenta o mesmo problema em todas suas gerações: o sistema de arrefecimento. Frequentemente, esse veículo apresenta casos de superaquecimento — que podem até fundir o motor.

Além disso, a dificuldade para encontrar peças que compõem esse modelo é outro problema constante. Com isso, as manutenções levam mais tempo e o serviço fica um pouco mais caro para o cliente.

2. Jac J3

O compacto chinês está nessa lista devido a dois grandes problemas: a fragilidade da suspensão e a dificuldade para encontrar peças.

O J3 não foi projetado para aguentar as estradas brasileiras com tranquilidade. Por isso, problemas no sistema de amortecimento do veículo são frequentes.

Ainda temos a falta de peças no mercado. Por serem partes específicas e distribuídas apenas pela montadora, encontrar os itens necessários para a manutenção desse carro é algo complicado.

3. Citroën C3

Apesar de ser moderno, o Citroën C3 causa problemas com frequência por ter muita tecnologia. Devido à sua grande rede eletrônica, ele tem muitos computadores que podem apresentar defeitos.

Porém, o maior agravante é a falta de informação técnica para que a manutenção desses componentes seja realizada. Como a fabricante não disponibiliza dados sobre o modelo, fica difícil fazer uma correção com qualidade e, consequentemente, o conserto do veículo fica mais caro.

Além disso, assim como o J3, o Citroën C3 sofre com falhas na suspensão por não estar preparado para as estradas brasileiras.

4. Renault Clio

O pequeno popular de entrada da Renault apresenta o mesmo problema que o Citroën C3: a falta de informação técnica. Com isso, o conserto fica limitado às concessionárias, o que eleva o preço do serviço.

O Clio também tem um motor com um projeto muito frágil, que acaba estragando com facilidade. Todos esses aspectos colocam esse modelo francês entre os carros que dão mais problemas mecânicos no Brasil.

5. Peugeot 207

O Peugeot, por ser da mesma montadora de carros da Citroën, apresenta defeitos semelhantes. A complexidade da eletrônica do 207 dificulta a manutenção e gera mais problemas. E, infelizmente, a falta de informação repassada pela fábrica impede a correção dessas falhas.

Como o veículo traz o mesmo projeto da Europa, o seu sistema de amortecimento também sofre com as estradas brasileiras. Assim, estragos em amortecedores e na suspensão são frequentes.

Além disso, as peças desse modelo são caras e não são encontradas facilmente, o que aumento o preço dos reparos. Gostou?! Então fique atento em nosso Blog para saber mais! Ah e para Associados PROAUTO temos o Programa Manutenção em Dia, que garante prêmios e brindes exclusivos para quem realiza a manutenção periódica do carro.

    Marcado com:

Veja outras matérias