Assistência 24 horas em todo Brasil

Cotar Agora
Curiosidades Dicas

Vale a pena fazer a revisão e a manutenção periódica do veículo?

Por PROAUTO

A maioria das montadoras recomenda que a revisão seja feita a cada 10 mil quilômetros, ou a cada seis meses de uso, o que vier primeiro. Um veículo que não recebe esse tipo de cuidado consequentemente possui o seu tempo de vida e seu valor diminuído. O que é verificado na revisão?  Na revisão do veículo é analisado os itens básicos de segurança, seu estado de conservação e funcionamento. Veja o que é verificado: • Água do radiador: O baixo nível, ou a falta de água no radiador pode gerar o aquecimento do motor, provocando danos irreparáveis ao veículo; • Óleo do motor: O óleo é fundamental para lubrificar e refrigerar o motor. Sua troca deve ser feita pelo menos uma vez por ano; • Pneus: Os pneus possuem um marcador de desgaste. Quando a superfície do pneu estiver no nível do marcador, significa que o pneu está no limite de uso e deve ser trocado; • Filtros de combustível, de ar e do ar condicionado: As três peças desempenham o papel de limpeza e devem ser trocados a cada 15.000 km; • Alinhamento e Balanceamento: O alinhamento ajusta os ângulos das rodas, o que auxilia o motorista a não perder o controle do carro, principalmente em curvas. Já o balanceamento faz com que as rodas girem sem vibrações, evitando trepidação do volante, bancos, painel e piso do carro; • Parte elétrica: É analisado a situação da bateria, motor de arranque, alternador e todos os fusíveis; • Luzes e faróis: É verificado o funcionamento de todas as luzes do veículo. Caso alguma delas esteja queimada, deve ser realizado a troca imediatamente.

Cuidados com o veículo no dia a dia

Para conservar o seu veículo algumas medidas simples são fundamentais. É importante checar os níveis de água e de óleo (com o motor frio, claro para prevenir acidentes), verifique a calibragem dos pneus e evite abastecer em postos de combustíveis que não se saiba a procedência, para não correr o risco de abastecer com combustível adulterado. Revisão na Concessionária ou em oficinas?  O diferencial das concessionárias são o uso de peças fornecidas pela própria montadora e os funcionários que são especializados em serviços nos carros da marca do consumidor. Além disso, manter as revisões obrigatórias em concessionárias, possibilita que seu veículo tenha garantia de fábrica. Entretanto, os preços cobrados acabam sendo muito mais altos do que os das oficinas particulares e para aqueles que conhecem, e sabem onde achar bons profissionais, mandar fazer os serviços em concessionárias acaba não sendo uma opção muito vantajosa. E você estiver preocupado com a possível desvalorização do carro pela falta dos carimbos no manual do proprietário, fique tranquilo! As notas fiscais das oficinas podem ser apresentadas como um substituto para eles, e a garantia pode ser assegurada. Mas atenção! Opte por oficinas referenciadas e de qualidade  Caso você opte por fazer a revisão do seu veículo em oficinas de sua confiança, garanta que elas sejam referenciadas. Aqui na PROAUTO, por exemplo, trabalhamos com oficinas parceiras que passam por um processo rigoroso de cadastro para que as sejam credenciadas como referenciadas. A utilização de peças de reposição originais/genuínas para veículos também é um fator importante para manter o veículo em bom estado e evitar problemas futuros. Oficinas de qualidade trabalham tanto com itens genuínos quanto os originais, além de oferecer nota fiscal que atestam a sua procedência e a garantia do reparo.